Enzima Lactase (Produtos Sem Lactose)

0 Pontos
R$ 184,80
Ref: 467
Enzima Lactase para a quebra da lactose do leite e elaboração de produtos sem lactose para intolerantes. Embalagem 300 g.
 Voltar para: Laboratório
Calcule o frete e o prazo de entrega estimados para sua região.
Informe seu CEP:

Não sei meu CEP

Enzima Lactase para a quebra da lactose do leite e elaboração de produtos sem lactose para intolerantes. Embalagem 300 gramas.

Cada frasco de 300 gramas deve ser usado em 1000 litros de leite (30 gramas para 100 litros ou 3 gramas para 10 litros de leite a ser delactosado).

Produto deve ser mantido REFRIGERADO, por isso, optar, preferencialmente, pela modalidade de envio SEDEX. 

 

Modo de preparo do iogurte com a adição da lactase:

  1. Preparar o leite normalmente sem alteração (seleção, pasteurização, resfriamento para adição do fermento).
  2. Antes da adição do fermento (com o leite com a temperatura devidamente regulada para o mesmo), fazer a adição da lactase em função da quantidade de leite, tomando como base as quantidades indicativas.
  3. Deixar fermentar normalmente.
  4. A quebra da lactose (delactosagem) ocorre no decorrer da própria fermentação do iogurte sendo que um processo não afeta o outro.

 

Modo de preparo do leite para a adição da lactase - para fazer queijo:

  1. Adicionar a lactase no leite cru após a ordenha.
  2. Deixar de um dia para o outro (período entre 16 e 24 horas) nas condições de armazenagem (leite refrigerando).
  3. Pasteurizar e fabricar o queijo normalmente, sem qualquer alteração.
  4. O período mencionado é suficiente para a delactosagem do leite para o preparo do queijo.

 

Modo de preparo do leite pasteurizado para a adição da lactase - para fazer queijo (apenas para se fazer em casa) - leite de saquinho:

  1. Higienizar os saquinhos com uma solução de cloro/ água sanitária ou lavá-los com detergente.
  2. Adicionar o leite em um pote ou panela (ideal de aço inoxidável com tampa).
  3. Muito cuidado nesta operação pois como o leite se encontra pasteurizado, pode ocorrer uma recontaminação na operação.
  4. Adicionar a lactase nas proporções indicadas acima. 
  5. Deixar de um dia para o outro (período entre 16 e 24 horas) em condições de refrigeração (temperatura de geladeira, senão o leite "estraga").
  6. Após este período fazer o queijo normalmente (de acordo com sua receita).
  7. Esta dica é apenas na condição caseira (ressaltamos mais uma vez e o sucesso depende muito do leite adquirido e das condições de manipulação. Orientações informativas, não nos responsabilizamos por manuseio inadequado. 

 

Opiniões

Ainda não há opiniões para este produto.