Frozen iogurte diet (para dietas de restrição de sacarose, glicose ou frutose) está disponível há muitos anos e foi desenvolvido para atender ao consumidor portador de diabetes assim como a uma imensa gama de consumidores desejosos em alimentos menos calóricos.

Nos Estados Unidos são chamados de sorvetes “sem adição de açúcar” (NSA, no sugar added). Nesses produtos, os adoçantes (ou açúcares convencionais) são substituídos por ingredientes que possuem baixa demanda de insulina.

Esses produtos foram projetados para aumentar a atração dos consumidores preocupados com a saúde, incorporando níveis reduzidos de gordura (até mesmo 0%).

Com o avanço de inúmeras tecnologias e o surgimento de uma ampla gama de ingredientes funcionais, atualmente é possível o desenvolvimento de formulações com excelente perfil degustativos combinadas com a necessidade e o desejo do consumidor.

Estes ingredientes incluem basicamente os substitutos do açúcar convencional (sacarose, glicose e frutose denominados de carboidratos ruins) e inclui polióis, agentes de carga, sngl, estabilizantes/ emulsificantes e finalmente adoçantes de alta intensidade (baixo ou nenhum efeito glicêmico).

Em outras palavras, no desenvolvimento de um sorvete sem açúcar, devemos considerar alguns aspectos básicos: sabor, volume e principalmente o efeito laxativo (já que alguns substitutos de açúcar possuem considerável efeito laxativo e sua ingestão deve ser controlada).

Na substituição do açúcar convencional (sacarose e glicose), aplica-se o uso de adoçantes de alta intensidade com inúmeras combinações de edulcorantes (ciclamato de sódio, sacarina sódica, acessulfame k, aspartame, stévia, sucralose), normalmente utilizados em combinações balanceadas.

Como os adoçantes são utilizados em quantidades reduzidas, quando comparadas ao açúcar comum, perde-se o “espaço” ou a “carga” promovida pelo açúcar, alterando consistência e textura.

Portanto não basta apenas à substituição do açúcar convencional pelo adoçante de alta intensidade, é necessário complementar com um “agente de carga ou corpo” que irá recompor as características do sorvete tradicional, como suavidade, cremosidade, viscosidade, resistência ao derretimento.

Existe uma ampla gama de agentes de carga aplicados em sorvetes utilizados em função de fatores econômicos, funcionalidade frente ao deslocamento (depressão) do ponto de congelamento, assim como efeito laxativo, sendo combinados conforme ao atributo que melhor irá se aproximar da formulação referência (com uso de açúcar comum).

No Brasil a empresa Docina Nutrição, elaborou bases rigorosamente balanceadas que podem ser empregadas na elaboração de Frozen Yogurt, 00%, ou seja sem gordura e sem açúcar, podendo ser empregadas diretamente ao leite ou ao iogurte natural. 

Informação nutricional frozen yogurt diet: 

INFORMAÇÃO NUTRICIONAL 

Porção de 140 ml = 100 gramas (1 unidade) 

Quantidade por porção 

% VD (*) 

Valor energético 

48 kcal = 200 kJ

 %

Carboidratos  dos quais:

Polióis                                            

21 g

12 g

 7%

Proteínas  

3.5 g 

4%

Gorduras totais  

0  

0

Gorduras saturadas 

0  

0

Gorduras trans 

0  

(VD não estabelecido) 

Fibra alimentar  

0  

0

Cálcio

110 mg

11%

Sódio  

 55 mg 

2%

(*) % Valores Diários com base em uma dieta de 2.000 kcal ou 8400 kJ.
Seus valores diários podem ser maiores ou menores dependendo de suas necessidades energéticas.

Os interessados poderão contactar através do email: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.